Esmaltes Colorama Maybelline? Que história é essa?

By  | 

Vocês sabiam que, em algum momento do passado, já existiram esmaltes Colorama Maybelline? Pois é, nem eu! É sobre esse bafón do mundo da beleza que a Anne escreveu o post de hoje.

ESSE POST FOI ESCRITO POR ANNE RIOS
__________________________________________

Durante anos, tentei convencer pessoas dentro do mundinho fashion e fora dele também, de que eu tinha um esmalte que era tanto da Colorama quanto da Maybelline. Nunca ninguém acreditou…

Pois é queridas leitoras, as duas marcas tem mais em comum do que apenas pertencer ao grupo L’Oréal Paris. Mas vamos começar do começo, shall we?

Esmaltes Colorama Maybelline

Em 2001, esse conglomerado francês que acabei de citar, resolveu adentrar o mercado brasileiro de esmaltes comprando a Colorama – número 01 em vendas da época [nisso a Maybelline já estava no país vendendo seus cosméticos há 4 anos…].

E as coisas continuaram desse jeito, cada um para um lado, até alguém ter uma “ideia genial”: – E se a gente unisse a Colorama e a Maybelline para criar uma marca ainda mais fantástica?!

Entendeu o raciocínio? A ideia era juntar as duas marcas para pegar os clientes que usavam a Colorama, mas ainda não conheciam a Maybelline [e acontece de ser também uma estratégia muito comum depois da aquisição de uma nova marca, porque diminui o portfólio de produtos]

Essa era uma ideia muito boa. Na teoria. Já na prática não foi bem assim.

Por que não deu certo?

O que aconteceu foi que a coisa deu tão errado, que acabou tornando a Risqué líder de mercado até hoje [a marca inclusive ganhou o prêmio Folha Top Of Mind nos ultimos dois anos… obrigada L’Oréal].

Foram 4 anos de união, onde inúmeras tentativas de regressar ao topo do pódio dos esmaltes fracassaram. Diz a lenda que o que deu errado na época foi uma sucessão de erros de marketing que enfraqueceram a nova marca e a fizeram perder seu valor aos olhos do consumidor. Às vezes não dá certo mesmo.

Gente, os esmaltes do período da junção eram tão magnânimos que são lembrados até hoje por blogueiras Brasil afora. Garotas, que assim como eu, guardaram suas embalagens na esperança de achar uma cor pelo menos parecida…

E vocês? O que acharam desse meu lado investigativo? Devo fazer mais posts sobre o assunto? [vocês assistiram FRIENDS?]

Arrivederci docinhos!

Anne Rios | Blog Vestido DiCera
Twitter: @vestidodicera
Instagram: @vestidodicera

Comentar via Facebook

Comentário(s)

6 Comentários

  1. Amanda´s Tale

    16 de janeiro de 2017 em 14:39

    Olá, tudo bem?
    Eu não lembrava disso não e nem sabia dessa história.
    Hoje em dia, sinto que esses esmaltes não tem tanta cobertura.
    Estou querendo que começar a cuidar mais das minhas unhas.
    Pois nao tenho esse hábito!
    Beijos

    • Natalia Blima

      17 de janeiro de 2017 em 01:00

      Fiquei chocada quando li o post da Anne também 😛
      Depois dá uma olhada nos posts da categoria “Unha” aqui do Blah!Blog (http://blahblog.com.br/category/unha/), talvez te inspirem a cuidar mais das suas S2

    • Anne Rios

      17 de janeiro de 2017 em 15:31

      Oioi

      Essa era uma história que eu queria dividir há muito tempo, que bom que você gostou.

      Eu também acho que os esmaltes de hoje já não são como os de antigamente, mas também os químicos de hoje em dia são bem pesados. Experimenta deixar suas unhas em formato amendoado [um arrendondado que vai ficando mais fino nas pontas] para os esmaltes durarem mais.

      Kissy Kissy

  2. Nati Rabelo

    14 de janeiro de 2017 em 23:31

    Oie!!
    Adorei o post investigativo hhaha, gostaria de ver mais sobre esmaltes antigos!
    Mas como assim ninguém acreditava em você, quando falava dos esmaltes Colorama/Maybelline? Eles eram super conhecidos!! Eu tive alguns e se não me engano, conheci a Maybelline justamente por conta desses esmaltes hehe.
    Beijos!

    • Natalia Blima

      17 de janeiro de 2017 em 01:01

      Vou fuçar nas coisas velhas de mamis pra ver se encontro algumas relíquias 😛

    • Anne Rios

      17 de janeiro de 2017 em 15:27

      Pra você ver!
      Cansei de contar sobre esse esmalte, e era sempre: não Anne, Colorama e Maybelline não tem nada a ver… cada marca tem seu próprio esmalte… blábláblá
      Inclusivos pessoas que se achavam “entendidas das modas”.

      Que bom que você gostou do post fofucha!, já estou preparando mais coisas desse tipo.

      Kissy Kissy

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *